Brasil: Júlio César salva Brasil de uma vergonhosa derrota. Ele foi herói ao defender dois pênaltis

Uma dos pênaltis defendido pelo goleiro Júlio César

Um dos pênaltis defendido pelo goleiro Júlio César

O goleiro Júlio César tornou-se nesta tarde um grande herói brasileiro ao salvar o Brasil de uma vergonhosa derrota para a equipe Chilena que o tempo topo jogou melhor que a Seleção Brasileira.

Com duas cobranças defendidas, Júlio César foi elogiado pelos companheiros, e eleito o melhor jogador em campo após a partida.

Os jogadores Hulk e William não fizeram o dever da casa errando os seus pênaltis e quase comprometendo a Seleção Brasileira, mas o Brasil contou com a experiência do goleiro Júlio César, que foi ovacionado por milhares de torcedores.

No primeiro tempo, o Brasil abriu o marcador, aos 18 minutos, num gol que a Fifa creditou ao zagueiro David Luiz. Aos 32, o Chile reagiu no ataque de Aléxis Sánchez: 1 x 1, placar final depois da disputa no tempo regulamentar e na prorrogação. O Brasil agora joga pelas quartas de final na próxima sexta-feira (4), às 17h, no Castelão, contra o vencedor no duelo entre Colômbia e Uruguai.